Floratil 200 4 envelopes

Código: RPSDB5R3Z
R$ 31,00 R$ 25,00
até 5x de R$ 5,45
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 25,00 sem juros
    • 2x de R$ 13,06
    • 3x de R$ 8,83
    • 4x de R$ 6,72
    • 5x de R$ 5,45
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Para que serve o Floratil Cápsula

Floratil está indicado como auxiliar no tratamento de diarreias de diferentes causas e na restauração da flora intestinal.

Como o Floratil Cápsula funciona?

A substância ativa do Floratil é o Saccharomyces boulardii, um probiótico, ou seja, um microrganismo vivo que, quando administrado em quantidade adequada traz benefício para a sua saúde.

Como função benéfica ao organismo, o Saccharomyces boulardii tem efeito sobre o equilíbrio bacteriano intestinal e sobre o controle de diarreias.

Contraindicação do Floratil Cápsula

Não são conhecidas, até o momento, condições que contraindiquem o uso de Floratil, exceto se você tem alergia à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes.

Como usar o Floratil Cápsula

As cápsulas de Floratil devem ser engolidas inteiras, sem mastigar, com um pouco de líquido.

Para crianças pequenas ou pessoas com dificuldades de engolir, as cápsulas podem ser abertas, adicionando-se o conteúdo a mamadeiras e a pequenas quantidades de líquidos ou alimentos semissólidos. Não adicionar o produto a líquidos ou alimentos quentes (temperatura acima de 60ºC) ou gelados, assim como a bebidas alcoólicas.

Uma vez abertas as cápsulas, seu conteúdo deve ser imediatamente ingerido, pois o contato com o ar e a umidade altera o prazo de validade do produto.

Floratil deve ser tomado de preferência em jejum ou meia hora antes das refeições.

Siga atentamente a instrução abaixo para a retirada da cápsula do blister. A forma correta de destacar o alumínio é puxar de acordo com o local da seta indicativa.

Posologia do Floratil Cápsula

Floratil 100 mg

Nas alterações agudas da flora intestinal e na diarreia por Clostridium difficile

Duas cápsulas, duas vezes ao dia.

Nas alterações crônicas da flora intestinal

Uma cápsula duas vezes ao dia.

Floratil 200 mg

Nas alterações agudas da flora intestinal e na diarreia por Clostridium difficile

Uma cápsula, duas vezes ao dia.

Nas alterações crônicas da flora intestinal

Uma cápsula uma vez ao dia.

A posologia de Floratil pode ser alterada a critério médico. Na maioria dos casos, são suficientes dois a três dias de tratamento.

Se os sintomas persistirem após cinco dias, procure o médico.

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco

Floratil não é absorvido e pode ser utilizado por qualquer tipo de paciente.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico.

Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Floratil Cápsula?

Tome a dose seguinte na hora habitual. Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Precauções do Floratil Cápsula

O manuseio das cápsulas de Floratil requer cuidados caso você esteja fazendo uso de cateter venoso central.

Este medicamento contém lactose e portanto pode conter traços de outros compostos derivados do leite.

Exclusivo Floratil 100 mg

Atenção diabéticos: contém açúcar.

Reações Adversas do Floratil Cápsula

Até o momento não são conhecidas reações desagradáveis decorrentes do uso de Floratil. Em algumas crianças ou recém-nascidos pode-se observar odor de fermento nas fezes, sem qualquer significado nocivo.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

População Especial do Floratil Cápsula

Gravidez e amamentação

Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez, desde que sob prescrição médica ou do cirurgião-dentista.

Direção de veículos e operação de máquinas

Você pode dirigir e lidar com máquinas normalmente durante tratamento com Floratil.

Composição do Floratil Cápsula

Apresentações

Cápsulas de gelatina

Uso oral.

Uso adulto e pediátrico.

Floratil 100 mg:

Embalagem contendo 12 cápsulas.

Floratil 200 mg:

Embalagem contendo 6 cápsulas.

Composição

Floratil 100 mg

Cada cápsula contém:

100 mg de Saccharomyces boulardii CNCM I-745 (100 mg de liofilizado contêm no mínimo 0,5 x 109 células de Saccharomyces boulardii CNCM I-745).

Excipientes: estearato de magnésio, lactose e sacarose.

Floratil 200 mg

Cada cápsula contém:

200 mg de Saccharomyces boulardii CNCM I-745 (200 mg de liofilizado contêm no mínimo 1 x 109 células de Saccharomyces boulardii CNCM I-745).

Excipientes: estearato de magnésio e lactose.

Superdosagem do Floratil Cápsula

Não são conhecidos sintomas provocados por uma dose excessiva de Floratil.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação Medicamentosa do Floratil Cápsula

Não são conhecidas interações medicamentosas para o Floratil, a não ser diminuição da sua ação quando é tomado juntamente com medicamentos para tratar micoses.

Se você encontra-se sob tratamento com antibióticos ou quimioterápicos, ingerir Floratil um pouco antes desses medicamentos.

Não utilizar o produto junto com bebidas alcoólicas.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Ação da Substância Floratil Cápsula

Resultados de Eficácia

Saccharomyces Boulardii (substância ativa) é um preparado biológico cujo princípio ativo é o levedo Saccharomyces Boulardii (substância ativa), que foi isolado de frutas silvestres tropicais. É um microrganismo vivo, resistente à ação dos sucos gástrico, entérico e pancreático, assim como à da bile, de antibióticos e quimioterápicos. Saccharomyces Boulardii (substância ativa) beneficia o desenvolvimento da flora intestinal fisiológica, impedindo a proliferação dos microrganismos potencialmente nocivos ao tubo digestivo.

Diversas propriedades do Saccharomyces Boulardii (substância ativa) contribuem para explicar o efeito terapêutico de Saccharomyces Boulardii (substância ativa):

Antagonismo microbiano

Pôde-se demonstrar in vitro que o Saccharomyces Boulardii (substância ativa) inibe o crescimento de diferentes agentes patogênicos, tais como Proteus, Escherichia coli, Shigella, Salmonella, Pseudomonas, Staphylococcus e Candida albicans. Foi também demonstrada inibição in vivo do desenvolvimento desse último microrganismo.

Síntese de vitaminas do complexo B

Produção de tiamina, riboflavina, ácido pantotênico, piridoxina e ácido nicotínico.

Aumento da atividade enzimática

O tratamento oral de voluntários humanos e ratos com Saccharomyces Boulardii (substância ativa) está relacionado com aumento acentuado na atividade das dissacaridases (sacarase, lactase e maltase).

A ação do Saccharomyces Boulardii (substância ativa) nas alterações infecciosas da flora intestinal, ao que tudo indica, está associada ao seu efeito antagônico direto, à estimulação do antagonismo biológico das bactérias Escherichia coli não patogênicas e às propriedades metabólicas do levedo que, administrado em concentrações elevadas, impede o desenvolvimento de populações bacterianas anormalmente proliferadas, restabelecendo o equilíbrio da flora normal. Essa ação antagônica do Saccharomyces Boulardii(substância ativa) sobre microrganismos patogênicos, como o Clostridium difficile, pode explicar, ainda, sua ação sobre a diarreia que surge em decorrência da antibioticoterapia.

Referências bibliográficas:

Mcfarland LV, Surawicz CM, Greenberg RN, et al. Prevention of beta-lactam-associated diarrhea by Saccharomyces Boulardii (substância ativa) compared with placebo. Am J Gastroenterol. 1995;90(3):439-48.

Mcfarland LV, Surawicz CM, Greenberg RN, et al. A randomized placebo-controlled trial of Saccharomyces Boulardii (substância ativa) in combination with standard antibiotics for Clostridium difficile disease. JAMA. 1994;271(24):1913-8.

Características Farmacológicas

Saccharomyces Boulardii (substância ativa) é uma levedura não tóxica e não transmissível cujo mecanismo de ação específico compreende efeito biorregulador sobre a flora intestinal e sobre as enzimas dissacaridases. Saccharomyces Boulardii (substância ativa) possui propriedades funcionais similares àquelas da flora intestinal normal, com resistência natural a agentes antibacterianos, exceto antimicóticos. Estudos clínicos e farmacológicos demonstraram que o tratamento oral com um liofilizado de Saccharomyces Boulardii (substância ativa) apresenta efeitos benéficos na prevenção da ocorrência de complicações ligadas às alterações na flora intestinal normal, tais como supercrescimento bacteriano intestinal. O produto não é absorvido, exercendo sua ação local ao longo do trato gastrintestinal.

O S. boulardii, quando administrado por via oral, atinge um estado regular de concentrações em 3 dias (72 horas), independentemente da dose utilizada, e desaparece entre 3 a 5 dias após a interrupção da administração. Não se observou diferença no estado de equilíbrio utilizando doses de 1 ou 3 gramas diárias.

Menos de 1% da dose oral é recuperada nas fezes e o Saccharomyces Boulardii (substância ativa) desaparece rapidamente do trato gastrintestinal quando cessa a ingestão do produto.

Cuidados de Armazenamento do Floratil Cápsula

Você deve conservar Floratil em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da umidade, conservando as embalagens bem fechadas.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas

As cápsulas de Floratil são opacas, de cor branca, com a inscrição “Merck 100 mg” (para as cápsulas com 100 mg) ou “Merck 200 mg” (para as cápsulas com 200 mg).

O pó em seu interior tem aspecto granulado, de cor bege e odor característico.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Floratil Cápsula

Reg. M.S. 1.0089.0090

Farmacêutica Responsável:
Alexandre Canellas de Souza
CRF-RJ nº 23277

Importado por:
Merck S.A.
CNPJ 33.069.212/0001-84
Estrada dos Bandeirantes, 1099
Rio de Janeiro - RJ
CEP 22710-571
Indústria Brasileira

Fabricado e embalado por:
Biocodex
Beauvais - França

Para que serve o Floratil Cápsula

Floratil está indicado como auxiliar no tratamento de diarreias de diferentes causas e na restauração da flora intestinal.

Como o Floratil Cápsula funciona?

A substância ativa do Floratil é o Saccharomyces boulardii, um probiótico, ou seja, um microrganismo vivo que, quando administrado em quantidade adequada traz benefício para a sua saúde.

Como função benéfica ao organismo, o Saccharomyces boulardii tem efeito sobre o equilíbrio bacteriano intestinal e sobre o controle de diarreias.

Contraindicação do Floratil Cápsula

Não são conhecidas, até o momento, condições que contraindiquem o uso de Floratil, exceto se você tem alergia à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes.

Como usar o Floratil Cápsula

As cápsulas de Floratil devem ser engolidas inteiras, sem mastigar, com um pouco de líquido.

Para crianças pequenas ou pessoas com dificuldades de engolir, as cápsulas podem ser abertas, adicionando-se o conteúdo a mamadeiras e a pequenas quantidades de líquidos ou alimentos semissólidos. Não adicionar o produto a líquidos ou alimentos quentes (temperatura acima de 60ºC) ou gelados, assim como a bebidas alcoólicas.

Uma vez abertas as cápsulas, seu conteúdo deve ser imediatamente ingerido, pois o contato com o ar e a umidade altera o prazo de validade do produto.

Floratil deve ser tomado de preferência em jejum ou meia hora antes das refeições.

Siga atentamente a instrução abaixo para a retirada da cápsula do blister. A forma correta de destacar o alumínio é puxar de acordo com o local da seta indicativa.

Posologia do Floratil Cápsula

Floratil 100 mg

Nas alterações agudas da flora intestinal e na diarreia por Clostridium difficile

Duas cápsulas, duas vezes ao dia.

Nas alterações crônicas da flora intestinal

Uma cápsula duas vezes ao dia.

Floratil 200 mg

Nas alterações agudas da flora intestinal e na diarreia por Clostridium difficile

Uma cápsula, duas vezes ao dia.

Nas alterações crônicas da flora intestinal

Uma cápsula uma vez ao dia.

A posologia de Floratil pode ser alterada a critério médico. Na maioria dos casos, são suficientes dois a três dias de tratamento.

Se os sintomas persistirem após cinco dias, procure o médico.

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco

Floratil não é absorvido e pode ser utilizado por qualquer tipo de paciente.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico.

Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Floratil Cápsula?

Tome a dose seguinte na hora habitual. Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Precauções do Floratil Cápsula

O manuseio das cápsulas de Floratil requer cuidados caso você esteja fazendo uso de cateter venoso central.

Este medicamento contém lactose e portanto pode conter traços de outros compostos derivados do leite.

Exclusivo Floratil 100 mg

Atenção diabéticos: contém açúcar.

Reações Adversas do Floratil Cápsula

Até o momento não são conhecidas reações desagradáveis decorrentes do uso de Floratil. Em algumas crianças ou recém-nascidos pode-se observar odor de fermento nas fezes, sem qualquer significado nocivo.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

População Especial do Floratil Cápsula

Gravidez e amamentação

Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez, desde que sob prescrição médica ou do cirurgião-dentista.

Direção de veículos e operação de máquinas

Você pode dirigir e lidar com máquinas normalmente durante tratamento com Floratil.

Composição do Floratil Cápsula

Apresentações

Cápsulas de gelatina

Uso oral.

Uso adulto e pediátrico.

Floratil 100 mg:

Embalagem contendo 12 cápsulas.

Floratil 200 mg:

Embalagem contendo 6 cápsulas.

Composição

Floratil 100 mg

Cada cápsula contém:

100 mg de Saccharomyces boulardii CNCM I-745 (100 mg de liofilizado contêm no mínimo 0,5 x 109 células de Saccharomyces boulardii CNCM I-745).

Excipientes: estearato de magnésio, lactose e sacarose.

Floratil 200 mg

Cada cápsula contém:

200 mg de Saccharomyces boulardii CNCM I-745 (200 mg de liofilizado contêm no mínimo 1 x 109 células de Saccharomyces boulardii CNCM I-745).

Excipientes: estearato de magnésio e lactose.

Superdosagem do Floratil Cápsula

Não são conhecidos sintomas provocados por uma dose excessiva de Floratil.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação Medicamentosa do Floratil Cápsula

Não são conhecidas interações medicamentosas para o Floratil, a não ser diminuição da sua ação quando é tomado juntamente com medicamentos para tratar micoses.

Se você encontra-se sob tratamento com antibióticos ou quimioterápicos, ingerir Floratil um pouco antes desses medicamentos.

Não utilizar o produto junto com bebidas alcoólicas.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Ação da Substância Floratil Cápsula

Resultados de Eficácia

Saccharomyces Boulardii (substância ativa) é um preparado biológico cujo princípio ativo é o levedo Saccharomyces Boulardii (substância ativa), que foi isolado de frutas silvestres tropicais. É um microrganismo vivo, resistente à ação dos sucos gástrico, entérico e pancreático, assim como à da bile, de antibióticos e quimioterápicos. Saccharomyces Boulardii (substância ativa) beneficia o desenvolvimento da flora intestinal fisiológica, impedindo a proliferação dos microrganismos potencialmente nocivos ao tubo digestivo.

Diversas propriedades do Saccharomyces Boulardii (substância ativa) contribuem para explicar o efeito terapêutico de Saccharomyces Boulardii (substância ativa):

Antagonismo microbiano

Pôde-se demonstrar in vitro que o Saccharomyces Boulardii (substância ativa) inibe o crescimento de diferentes agentes patogênicos, tais como Proteus, Escherichia coli, Shigella, Salmonella, Pseudomonas, Staphylococcus e Candida albicans. Foi também demonstrada inibição in vivo do desenvolvimento desse último microrganismo.

Síntese de vitaminas do complexo B

Produção de tiamina, riboflavina, ácido pantotênico, piridoxina e ácido nicotínico.

Aumento da atividade enzimática

O tratamento oral de voluntários humanos e ratos com Saccharomyces Boulardii (substância ativa) está relacionado com aumento acentuado na atividade das dissacaridases (sacarase, lactase e maltase).

A ação do Saccharomyces Boulardii (substância ativa) nas alterações infecciosas da flora intestinal, ao que tudo indica, está associada ao seu efeito antagônico direto, à estimulação do antagonismo biológico das bactérias Escherichia coli não patogênicas e às propriedades metabólicas do levedo que, administrado em concentrações elevadas, impede o desenvolvimento de populações bacterianas anormalmente proliferadas, restabelecendo o equilíbrio da flora normal. Essa ação antagônica do Saccharomyces Boulardii(substância ativa) sobre microrganismos patogênicos, como o Clostridium difficile, pode explicar, ainda, sua ação sobre a diarreia que surge em decorrência da antibioticoterapia.

Referências bibliográficas:

Mcfarland LV, Surawicz CM, Greenberg RN, et al. Prevention of beta-lactam-associated diarrhea by Saccharomyces Boulardii (substância ativa) compared with placebo. Am J Gastroenterol. 1995;90(3):439-48.

Mcfarland LV, Surawicz CM, Greenberg RN, et al. A randomized placebo-controlled trial of Saccharomyces Boulardii (substância ativa) in combination with standard antibiotics for Clostridium difficile disease. JAMA. 1994;271(24):1913-8.

Características Farmacológicas

Saccharomyces Boulardii (substância ativa) é uma levedura não tóxica e não transmissível cujo mecanismo de ação específico compreende efeito biorregulador sobre a flora intestinal e sobre as enzimas dissacaridases. Saccharomyces Boulardii (substância ativa) possui propriedades funcionais similares àquelas da flora intestinal normal, com resistência natural a agentes antibacterianos, exceto antimicóticos. Estudos clínicos e farmacológicos demonstraram que o tratamento oral com um liofilizado de Saccharomyces Boulardii (substância ativa) apresenta efeitos benéficos na prevenção da ocorrência de complicações ligadas às alterações na flora intestinal normal, tais como supercrescimento bacteriano intestinal. O produto não é absorvido, exercendo sua ação local ao longo do trato gastrintestinal.

O S. boulardii, quando administrado por via oral, atinge um estado regular de concentrações em 3 dias (72 horas), independentemente da dose utilizada, e desaparece entre 3 a 5 dias após a interrupção da administração. Não se observou diferença no estado de equilíbrio utilizando doses de 1 ou 3 gramas diárias.

Menos de 1% da dose oral é recuperada nas fezes e o Saccharomyces Boulardii (substância ativa) desaparece rapidamente do trato gastrintestinal quando cessa a ingestão do produto.

Cuidados de Armazenamento do Floratil Cápsula

Você deve conservar Floratil em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da umidade, conservando as embalagens bem fechadas.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas

As cápsulas de Floratil são opacas, de cor branca, com a inscrição “Merck 100 mg” (para as cápsulas com 100 mg) ou “Merck 200 mg” (para as cápsulas com 200 mg).

O pó em seu interior tem aspecto granulado, de cor bege e odor característico.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Floratil Cápsula

Reg. M.S. 1.0089.0090

Farmacêutica Responsável:
Alexandre Canellas de Souza
CRF-RJ nº 23277

Importado por:
Merck S.A.
CNPJ 33.069.212/0001-84
Estrada dos Bandeirantes, 1099
Rio de Janeiro - RJ
CEP 22710-571
Indústria Brasileira

Fabricado e embalado por:
Biocodex
Beauvais - França

Produtos relacionados

R$ 31,00 R$ 25,00
até 5x de R$ 5,45
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Rede Art Farma conta com ampla variedade de produtos: medicamentos, remédios genéricos, vitaminas, suplementos alimentares e perfumaria em geral. Entrega de medicamentos e aplicação de injeção a domicílio.

Social
Pague com
Selos
  • Site Seguro

AF DROGARIA LTDA - CNPJ: 13.693.591/0001-71 © Todos os direitos reservados. 2019